September 10, 1955

Hoje resolvi falar de uma mulher que nunca se considerou, nem nunca teve pretensão de ser uma fotógrafa, mas que atualmente tem seu trabalho comparado ao de grandes nomes da fotografia como Henri Cartier-Bresson.

Vivian Maier nasceu em 1926, Nova York, e passou a infância e adolescência na França. Por volta dos 25 anos, voltou para os Estados Unidos começando a trabalhar em uma fábrica que explorava seus empregados sem recompensá-los à altura. Cansada do trabalho injusto, Vivian, sempre apegada com crianças, decidiu se tornar uma babá, ocupação que preencheu mais de 40 anos de sua vida.

O curioso nessa história toda é que Vivian nutria uma grande paixão por fotografia, andava sempre com sua Rolleiflex na bolsa e fotografava tanto ela mesma quanto pessoas nas ruas, situações engraçadas, dramáticas, românticas, alegres e tristes. Mas não compartilhava com ninguém, nem amigos, nem patrões. No máximo, mostrava algumas fotos para as crianças que cuidava, já que estavam sempre curiosas para ver como tinham se saído como modelos.

No date, Canada

April 7, 1960, Florida

May 5, 1955, New York, NY

Mas eis que em 2007, John Maloof, pesquisando fotos antigas de um bairro para ilustrar o livro que estava co-escrevendo, soube de um evento que leiloaria uma caixa com mais de 1000 negativos e alguns filmes sequer revelados. John ganhou o leilão, mas olhando algumas das imagens, viu que não havia encontrado o que precisava; guardou o material no armário.

O livro foi lançado, se passaram meses e só aí John resolveu olhar mais a fundo aquilo tudo. Descobriu fotografias incríveis e de técnica e bom gosto surpreendentes para uma caixa que havia sido leiloada sem muitos interessados. Vivian era totalmente desconhecida, e infelizmente, só se teve notícia dela em seu falecimento em 2009, Chicago.

Com apenas algumas fotos e a história contada em um fórum na internet, John recebeu grande atenção da mídia e Vivian Maier finalmente teve o reconhecimento que merecia, mas que talvez nem quisesse. Nunca saberemos qual é a opinião dela sobre isso, mas que o mundo da fotografia ganhou mais um grande exemplo para se inspirar, ah, isso eu afirmo que ganhou.

Veja a matéria do Chicago Tonight Show e também o documentário Vivian Maier, Photographer:

Conheci a Vivian em 2011, em uma das aulas de História da Fotografia na faculdade, e desde então, ela é uma das minhas grandes inspirações. Selecionei mais de 30 fotos de seu portfólio e não consegui excluir nenhuma para diminuir a quantidade. Vale a pena ver todas. :)

Untitled, Undated

Christmas Eve of 1953, 78th St & 3rd Ave. New York, NY

End of April, 1953, New York, NY

May 28, 1954, New York, NY

Untitled, 1954

1954, New York, NY

1954, New York, NY

1954, New York, NY

55-90_feb_1955

Untitled, November 4, 1955, San Francisco, CA

Early July, 1956

June 16, 1956, Chicago, IL

Untitled, 1956

January, 1956, Chicago, IL

January 9, 1957, Florida

58-90

Sept 28, 1959, 108th St. East, New York, NY

Untitled, Self Portrait

Untitled, Self Portait

October 18, 1953, New York, NY

September 10th, 1955, New York City

Undated, New York, NY

June 23, 1954, Staten Island, NY

Untitled, Undated

Undated, New York, NY

Untitled, Undated

Untitled, France

Untitled, Undated

No date, Chicago, IL

Undated, New York, NY

No date, Canada

Untitled, Self Portrait

Comentários

Brilhante! O jeitinho sorrateiro que há em algumas fotos me inspirou a sair mais com a minha câmera na rua e tentar a sorte com as pessoas…
Além disso fotos em P&B são muito apaixonantes! (definitivamente)

Também gostei bastante das fotos dela! Eu queria te dar uma sugestão: quando fizer um post novo, coloca na página do blog, porque eu mesmo só vejo quando você posta! E aliás, eu adoro seu trabalho, beijinhos!

Simplesmente incrível, a sensibilidade dela é impressionante, quantas/quantos vivians podem existir por aí né? Pessoas talentosas que passam despercebidas por nós. Realmente foi uma pena ela ter falecido antes de saber que suas fotos rodaram o mundo, eu com certeza gostaria de ler textos dela falando das motivações, historias por detrás de cada foto… :)

Como é que pode pessoas tão talentosas assim serem “descobertas” depois de tanto tempo? Achei lindas as fotos dela, e olho que ela tinha pras coisas do mundo! Me deu vontade de sair na rua tirando foto em preto e branco (:
E parabéns pelo post, muito bem escrito.
Mencionei seu blog no meu hoje, se quiser dar uma olhadinha, ficarei feliz ^^ Ele tá no começo, pegando no tranco só agora… hehe
Beijos

Acho fotos antigas muito interessantes porque, sei lá, era um mundo totalmente diferente do nosso, sabe… Como as pessoas se vestiam, os carros, tudo! Acho incríveis mesmo. Adoro folhear o livro de história só pra ver as imagens… rsrs
Amei a foto das criancinhas dentro do carro e da mulher em NY, logo abaixo da foto dela no espelho! :D
Parabéns pelo post!

I-N-C-R-I-V-E-L sem palavras pra descrever. Adoro fotografias que retratam como eram as pessoas no modo de vestir, os carros antigamente. É demais. Devo ter nascido na epoca errada, eu sempre acho isso rsrs
Me deu uma super vontade de sair por ai fotografando PB!
Bjs

As fotografias são simplesmente incriveeeeeeis, lindas, simples, com um ar bem nostalgico. A história dela também é incrivel, com certeza uma inspiração!

Instigante, intrigante e inspirador… Deu vontade de entrar na foto e estar do lado dela no momento da foto, e de conhecer as histórias dessas pessoas fotografadas. Show!

Simplesmente incrível esse post e as fotos, em algumas fotos as pessoas não deviam saber que estavam sendo fotografadas, né?
Acho que a Vivian Maier amava tirar fotos, era o hobbie dela e ela se sentia feliz sem mostrar as fotos para outras pessoas, acho que ela não queria reconhecimento, e sim reconhecer os momentos que ela fotografava.
http://www.petalasdeliberdade.blogspot.com.br

Ela realmente era muito talentosa e observadora. Tinha um olhar aguçado e conseguia capitar imagens impressionantes. Eu já tinha ouvido falar dela e fiquei apaixonada pelas fotos. Ela é uma grande inspiração. Adoro fotos em p&b!!!! Imagine quantas fotos lindas e impressionantes ainda estão guardadas e que ainda não foram mostradas ao mundo. Acho que boa parte dessas fotos estão nesses livros que eu encontrei no Amazon: http://www.amazon.com/Vivian-Maier-Street-Photographer/dp/1576875776/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1357771366&sr=8-1&keywords=vivian+meier / http://www.amazon.com/Vivian-Maier-Shadows-Richard-Cahan/dp/0978545095/ref=sr_1_2?ie=UTF8&qid=1357771366&sr=8-2&keywords=vivian+meier / http://www.amazon.com/Vivian-Maier-Photographer-Hearst-Gallery/dp/B005E0CG9E/ref=sr_1_4?ie=UTF8&qid=1357771366&sr=8-4&keywords=vivian+meier

Olá, Zé! Excelente o seu site, parabéns!
Gostaria de te fazer uma pergunta, por favor. Vc sabe como podemos baixar o documentário sobre a Vivian Maier?
Qualquer notícia, eu agradeço. Um abração.
Vera

Obrigado Vera! Procurei o documentário pra baixar, mas não achei. :( Com certeza devo atualizar esse post no futuro, e se achar algo, eu coloco aqui!

Deixe uma resposta